Playlist

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Mas se eu tivesse ficado, teria sido diferente?




“Então me vens e me chegas e me invades e me tomas e me pedes e me perdes e te derramas sobre mim com teus olhos sempre fugitivos e abres a boca para liberar novas histórias e outra vez me completo assim, sem urgências, e me concentro inteira nas coisas que me contas, e assim calada, e assim submissa, te mastigo dentro de mim enquanto me apunhalas com lenta delicadeza deixando claro em cada promessa que jamais será cumprida, que nada devo esperar além dessa máscara colorida, que me queres assim porque é assim que és e unicamente assim é que me queres e me utilizas todos os dias, e nos usamos honestamente assim.”

(Caio Fernando Abreu, in: Os dragões não conhecem o paraíso)



"Mas se eu tivesse ficado, teria sido diferente? Melhor interromper o processo em meio: quando se conhece o fim, quando se sabe que doerá muito mais - por que ir em frente? Não há sentido: melhor escapar deixando uma lembrança qualquer, lenço esquecido numa gaveta, camisa jogada na cadeira, uma fotografia – qualquer coisa que depois de muito tempo a gente possa olhar e sorrir, mesmo sem saber por quê. Melhor do que não sobrar nada, e que esse nada seja áspero como um tempo perdido. Eu prefiro viver a ilusão do quase, quando estou "quase" certa que desistindo naquele momento vou levar comigo uma coisa bonita. Quando eu "quase" tenho certeza que insistir naquilo vai me fazer sofrer, que insistir em algo ou alguém pode não terminar da melhor maneira, que pode não ser do jeito que eu queria que fosse, eu jogo tudo pro alto, sem arrependimentos futuros! Eu prefiro viver com a incerteza de poder ter dado certo, que com a certeza de ter acabado em dor. Talvez loucura, medo, eu diria covardia, loucura quem sabe!"

(Caio Fernando Abreu)

3 comentários:

  1. Olá!
    Um lindo texto!
    Há quem diga que é melhor sofrer alguns anos que a vida toda...

    Bjs

    Mila

    ResponderExcluir
  2. Pois é, penso nisso todos os dias, uma hora passa, só temos q tomar o caminho certo pra não sofrer a vida inteira. Uma escolha errada e td vai abaixo!

    Bjs e obrigada pela visita!

    ResponderExcluir
  3. Então, mesmo que digam que o coração é inimigo da razão não acredito assim, sabe aquela voz láaaa no fundo que sempre avisa: não faz isso, você vai sofrer... Pois é, ali é o coração...A razão grita, o coração sussurra.
    Bjs e tudo de bom!
    Mila

    ResponderExcluir