Playlist

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Da explicação do que se indaga ao coração




De onde vem essa força que me atrai, me arrasta qual uma voragem até tua alma?
Essa conjunção de gostos doces, de cheiros almiscarados, de toques aveludados que só existem quando tu estás ao meu alcance?
Por que até o luar é mais luminoso e com singulares matizes, quando tu estás na órbita de minha vida, nas entrelinhas de meus pensamentos?
Por que, curiosamente, estrelas cadentes só riscam o manto negro da noite em linhas iluminadas de esperança quando em pensamento, te peço ao universo de presente?
Que conjecturas de minha subconsciência são emanadas ao plano astral pra que tudo isso seja coincidente, e eu, entorpecida, pasma me deixe acreditar que contigo tudo é diferente...
Que contigo é amor, de vidas passadas, de destino traçado e do pra sempre dos contos de fadas?
Amor que mesmo que você não mais me venha, não mais me habite, sempre terá sua morada em mim...
Inspirar-me-á a ser sempre melhor, mais linda por dentro e por fora, a luzir, iridescente até na vastidão de sua ausência...
Sempre intensa, plena em ternura, a florir alegrias, sorrisos e levezas pela experimentação ímpar desse amor... 
Que é brisa fresca no jardim de minhas memórias, vendaval de surpresas na monotonia da vida e furacão de sensações ao meu coração...
E tenho assim te amado: descompassado e exagerado...
E porque a mim assim tem sido, gosto então só sinto ao que te sou. Meu mundo menino, por ti tomei e te dou.

(Juliana Alves)

2 comentários:

  1. Oi flor, te sigo e virei fan de seu blog, te indico um selinho,

    http://ninabarroso.blogspot.com/2011/09/esse-blog-passa-uma-otima-ideia.html

    ResponderExcluir
  2. "Meu mundo menino, por ti tomei e te dou."
    Lindo texto, parabéns !!

    Beeijoss

    ResponderExcluir