Playlist

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Do Mítico Enleio Amoroso


Tal qual o ar que respiro, e sei ser necessário à vida
Tua lembrança permeia meus pensamentos
Do abrir de meus olhos pela avivada aurora
Ao cessar de minha consciência no cerrar da noite.
Mas, como a personificação de Morfeu
Até mesmo meus sonhos tu habitas...

Perco-me em labirintos Satúrnios,
Sem saber ao certo há quantas estações
Jaz em mim, como único e necessário ser ansiado...
Divino Apolo, luz da verdade purificadora
Capaz de fazer-me fulgurosa Héstia...
Alvorada eterna de sol interno, tão aceso...
Calor contagiante a iluminar
E a vivificar tudo quanto nos cerca.

Só Deus sabe por que levou tanto tempo
Para sanar minhas intempestivas dúvidas
E a paz regressar ao meu enternecido coração.
Eu nada mais temo, já estive aqui antes...
Cada sentimento, cada palavra...
Já vivenciamos tudo, conhecemo-nos
Como ávidos amantes de outras eras.

Nossos corpos se amoldam ao simples toque,
Natureza líquida de água e jarro...
Olhos que se encontram e conversam
Sobre tanto e tudo, silenciosamente,
Em antológicas dimensões...
Magnetismo transcendente de Psiquês,
Pela humanidade, ainda intocado.

Provar outra vez da ambrosíaca sensação
De ser recôndito acolhedor de seu corpo,
Sacerdotisa devota a decifrar os enigmas de tua alma...
Ateada pela fagulha dionisíaca de teus desejos.
Sinto-me a mais plena das mulheres, Eráto-Calíope,
De ar majestoso, coroada de louros e rosas,
Imersa na sabedoria e no amor emanados
Pela poesia infundida por nossas essências.

Deusa Réia, rainha de toda a Terra,
Sinto-me abrigada em teus calorosos braços...
Magistrais Anéis de Saturno a me envolver...     
E meus braços em conjunto com os teus,
Num abraço sideral, Via Láctea a fechar o infinito...
Juntos somos presente, passado, e futuro...
Eterno, princípio e fim!

(Juliana Alves)

Um comentário:

  1. Boa tarde grande poetisa e querida amiga Juliana! Parabéns por mais uma joia magnífica. Uma linda exaltação ao amor numa verdadeira versão grega do Cântico dos Cânticos. Incrível essa forma intuitiva que você tem, de escrever, captando cada fragmento de beleza existente nas coisas! Bjs e até a próxima!:)

    ResponderExcluir