Playlist

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Do Ser em Transcrição


Diáfanas são as águas que saciam a sede dos meus quereres...

Nessas horas silenciosas, onde a sinfônica paz grita alto e requere seu alimento... Fluida, sou invadida, e não mais sei se sou matéria ou energia.


Fundo-me e fluo ao alvo c
hamado do papel, e nesse me desmancho, decodificando ao crivo as aragens das excelsas inspirações.

Brandas são as palavras que transcorrem desse meu transmutado ser, emergem dos evanescentes lapsos de vidas várias ao afluente guia da minha dita...


Agora fragmentada estou! Linhas, formas, sons... 
Uma brisa então irrompe, e tudo se desprende...

Sutis são esses ventos-guias, sopro divino que enfurna sonhos, preces, palavras, sons, aromas e desejos, carreia toda a emanação de bem querer, leveza que não se vê, mas se sente... Tudo quanto vivi, aspiro, sinto e amo...


Então... Não sou mais eu... Sou milhares! 
Sou luz, sou calor, sou o amor, sou o todo, sou agora o universo...
Não sou mais minha... 
Todo dia sou mais dos outros, quando me (des)mudo, sou mais escrita!

(Juliana Alves)

Um comentário:

  1. Boa noite minha querida! Não pude deixar de vir lhe parabenizar por mais uma linda jóia postada em meu orkut e também lhe desejar uma páscoa maravilhosa pra voce e sua familia! Beijos!!:D

    ResponderExcluir