Playlist

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Vontade de amar, simplesmente...



"Voa um par de andorinhas, fazendo verão.
E vem uma vontade de rasgar velhas cartas, velhos poemas, velhas contas recebidas.
Vontade de mudar de camisa, por fora e por dentro…
Vontade…para que esse pudor de certas palavras?


… vontade de amar, simplesmente."


(Mário Quintana)



Chega-se a um momento na vida, em que se está com retinas, sentidos, alma e coração fatigados de coisas vazias, momentos que ensaiam sempre acontecerem e não saem do prefácio, empolgações sem sentido... Sei lá... Às vezes penso que sou um espírito muito evoluído, ou muito arcaico... Sim! Sou excessivamente "madura" e careta pra minha idade e pro mundo de hoje. 

Nunca fui aquela menina sonhadora, de brincar de casinha ou de boneca, pra mim sempre as brincadeiras tinham que ter lógica, brinquedos tinham que ser auto-suficientes. O que? Ter que mexer braços de boneca, ou pernas e fingir que elas eram vivas... Fazer de conta que eu era dona de casa, tinha filhos e casava com um príncipe? Não! Não que eu não acreditasse em contos de fadas, ou não fosse romântica e suspirasse com eles, mas acho que sempre fui muito realista. Aquilo ali era um objeto de plástico, não mexia, não tinha vida, então não me atraía. 

Nunca fui a adolescente inconsequente, a garota namoradeira das festinhas... Sempre fui a obstinada por resultados no colégio, mas também, tinha que lutar pra ser a melhor, pois me faltava o principal: o dinheiro! Nunca fui a garota do papai, cheia de mimos, vontades feitas e cuidados. Nunca tive o aparato financeiro pra poder me dar o desfrute de ser uma adolescente normal e banal... 

E assim tenho me tornado uma mulher que nunca foi a mulher fatal, nunca foi a baladeira, a mulher de muitos homens, de muitas noites agitadas, vida intensamente vivida e bebida... 
Não, sou aquela que está em casa, enquanto os outros estão na night, sou aquela que está lendo um livro ou numa conversa produtiva na internet, enquanto todos estão bebendo, transando, etc. Se eu não gosto de me divertir? Sim, eu adoro dançar (e como danço), adoro sair com meus amigos, aprecio uma boa bebida e sei ser fatal, mas... 


Não acho que a prática desenfreada disso, transformada em um modo de vida, vá me levar a algum lugar, não julgo que me trará as respostas que preciso atualmente em minha vida. Isso não me trará alguém especial para compartilhar uma vida, não me fará ter um contato profissional de sucesso, enfim só esgotará o pouco recurso finaceiro que por hora tenho, fruto do meu suor, e exaurirá sobretudo o que tenho de mais precioso: minha mente, minha alma. Todos que estão ali, procurando algo que não possuem, sugarão de mim: minha vitalidade, minha energia, minha produtividade, e me darão o que em troca? NADA!!! Nada que me interesse. 


Por ser assim, é que não consigo entender e não consigo aceitar certos comportamentos: como pode tanta gente viver assim, de vazio? Ausência de valores, cada dia numa boca, numa cama diferente, embriagados de bebidas, energias de baixa vibração, em meio a fluidos corporais desconhecidos, voltando pra casa e retomando sua vidinha, com o que a mais mesmo? Em nome do que? Da liberdade? Do status? Da não solidão? 

Não me vejo ao lado de alguém que conheci assim. Sou aquela mulher tida como chata, entediante, esnobe e controladora pra muitos homens; aquela que não pode ser comprada com presente caro, aquela que não é atraída por beleza ou status... 
Não, não sou comunista ou hippie, ou alternativa! Claro que gosto de tudo isso e desejo pra minha vida, mas não será isso que irá me fazer beijar uma boca desconhecida ou me despir e me entregar a algum homem. 


Eu valorizo profundidades, miudezas, o que vem do coração, do intelecto, da alma... O que flui pelos poros, transborda sem explicação, me contagia e me deixa totalmente entregue naturalmente... e isso não tem aparência, carro bom, ou qualquer poder ou dinheiro que compre. 

E acham que isso tudo é de graça, ter-me assim sai barato, já que o dinheiro do outro não me interessa? Não, sai mais caro do que qualquer dinheiro! É dispendioso... Porque lembra que eu disse que ou sou arcaica ou muito evoluída? Pois bem, o meu preço chama-se RESPEITO! Nomeia-se AUTENTICIDADE, COMPANHEIRISMO, FIDELIDADE, COMPROMISSO, VERDADE, AMIZADE, CORAGEM, que PRA MIM, juntos formam o AMOR! Não, não é esse banalizado por ai não, minha visão está muito além! 


Sou daquelas inconformadas que não entendem como alguém pode jurar amor e: mentir pra pessoa amada, não cuidar, não demonstrar carinho, estar com várias mulheres cheio de segundas intenções, trair (no mais global sentido desse ato)... Não aceito o dizer "amo, mas..." Mas o que? Quando se quer estar junto, está, não existem poréns... Ou é ou não é! Isso de espera um pouco, não estou pronto, não é o momento, pra mim é tudo desculpa pra se viver aquela vida lá, que meus preceitos vêem como PERDA DE TEMPO.  Então assuma isso, diga: ESCOLHO A VIDA VAZIA!

Sou a mulher que você quiser, a companheira, a amiga, a amante, a confidente, todas numa só, lhe ajudo a construir um mundo, mas sê inteiro comigo! Esse é o meu preço! Gosto das coisas claras, não sou morna nem submissa pra me fazer de cega e fingir hipocrisia, sou autêntica! Não sou desapegada, essa onda de que o bom é ser de ninguém, sem amarras sentimentais, sem vínculo comigo não funciona, só sei ser essencialmente intensa e me entregar assim, se quer restos, raspas, superficialidades, não perca seu tempo comigo! 
Se não me acha boa o bastante pelo preço que exijo, então parta, mas não queira me enrolar, porque meu coração é meiguíssimo, mas meu pavio muito curto, e tenho um sexto sentido afinadíssimo. Afinal, o que meus olhos não vêem meu coração pressente, sempre! 

Quero somente o Amor em sua mais pura essência, transcender nele e amadurecer, e pra isso preciso de um Homem de qualidades únicas, que some à minha vida, me satisfaça e me conquiste todos os dias, afinal não é porque eu não valorize as futilidades da vida que eu não goste de sair da rotina e de novidades. 
Na verdade, é bem mais difícil manter meu Amor aceso e interessado, porque se banalizar, perder a autenticidade e a essência, perde o encanto... Ser comum não me atrai! 

Posso não ser a melhor mulher, não sou perfeita, não sou a mais bonita, sou ciumenta, tenho mil defeitos, sendo o principal, ser correta, verdadeira e transparente no que sinto ao extremo, e cobrar reciprocidade do outro que me acompanha... Mas uma coisa eu posso lhe garantir: sou única, e farei de tudo para fazer a diferença em sua vida! E minha singularidade está exausta de ser só, só quero ter o meu devido valor reconhecido e viver algo verdadeiro e pleno, será que dá pra ser ou está muito difícil? 

Em qual vida será, que a minha existência encostará na sua?  


Porque eu sei, acredito, que se nasci assim, se essa é a minha essência, deve ter alguém semelhante a minha procura, de pés cansados, coração calejado, confiança abalada, achando-se também o ímpar dos seres, desacreditado no amor, e me pedindo pra ser dele...

Então... Por favor, me encontre, e venha ser conjunto do meu ser, para que adocemos assim nossas vidas!
Guie-nos Deus a esse encontro, porque aqui há um coração de uma diferente que clama trocar sua solidão por uma verdadeira companhia.



(Juliana Alves)

5 comentários:

  1. Olá! gostei bastante desse texto, parei para pensar e concordo totalmente quando vc diz"Por ser assim, é que não consigo entender e não consigo aceitar certos comportamentos: como pode tanta gente viver assim, de vazio? " Penso de modo extremamente parecido, há tantas coisas sem explicação, não é mesmo? E o comportamento humano é e sempre será um grande enigma pra mim! Parabéns pelos texto
    Beijos!
    Estou seguindo ^^

    ResponderExcluir
  2. UAU!
    Que desabafo!


    Sim..."Ele" vai guiar vcs.
    TEr fé é questão de sobrevivência. Acredite no que vc realmente quer e simplesmente acontecerá.


    Fácil duvidar, dificil crer e simplesmente inesplicavel qnd acontece, mas acontece.
    bj

    ResponderExcluir
  3. Isso sim é que pode se chamar de alguém com cabeça, eu não sou parecida com com você prq ja vivi muitas coisas loucas d+ e que digamos se vc fosse meu outro lado serio o certo e eu a louca.
    Mas contudo isso posso acreditar que ainda existem pessoas no mundo que se possa sentar e ter uma boa conversa ja que isso não me acontece a anos.

    otimas palavras, vc se expressa muito bem!
    bj!!!

    ResponderExcluir
  4. hello there and thank you for your info – I have definitely picked up anything new
    from right here. I did however expertise a few
    technical points using this site, as I experienced to reload the site
    lots of times previous to I could get it to load properly.
    I had been wondering if your web hosting is OK? Not that I'm complaining,
    but slow loading instances times will sometimes affect your placement in google and could
    damage your high-quality score if advertising and marketing with Adwords.
    Anyway I am adding this RSS to my e-mail and can look
    out for much more of your respective intriguing content.
    Ensure that you update this again soon.

    My site; Best DUI Attorney Colorado

    ResponderExcluir
  5. Hi everyone, it's my first pay a visit at this web page,
    and article is truly fruitful in support of me, keep up posting these types
    of articles or reviews.

    Here is my web-site: sports supplements

    ResponderExcluir